quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Android vai dominar o mercado de smartphones em 2013

Analistas garantem: mais de 798 milhões de celulares rodarão o sistema operacional da Google, contra 294 milhões de iOS.

(Fonte da imagem: Reprodução/Slash Gear)
 
O ano mal começou, mas já tem gente indicando o vencedor da corrida de sistemas operacionais em 2013. De acordo com uma pesquisa realizada pelo instituto ABI, o Android estará na frente da concorrência com uma folga considerável.
Segundo relatórios divulgados pela companhia, dos 1,4 bilhão de smartphones que estarão circulando pelo mercado no final de 2013, 798 milhões rodarão o sistema da Google. Para ter uma ideia do que isso significa, a Apple e seu iOS ocuparão a segunda posição com "apenas" 294 milhões de aparelhos. Windows Phone 8 e BlackBerry 10 vêm na sequência, com 45 e 20 milhões, respectivamente.
Para chegar a esse número hipotético, o ABI usou análises e estatísticas passadas para projetar uma estimativa. Levando em consideração que o mercado deve crescer 44% até dezembro em relação a 2012, não é difícil imaginar a tendência seguida para chegarmos a esse resultado.
Além disso, também não há mistérios para a hegemonia do Android em meio ao público. Com dezenas de aparelhos rodando o sistema operacional, chega a ser óbvio que a participação do robozinho nos celulares seja consideravelmente maior que a da concorrência. O destaque mesmo fica por conta dos estimados 20 milhões de BlackBerry 10, visto que o sistema foi lançado há pouco tempo.

Já nos tablets...

Se o Android reina absoluto nos smartphones, a Apple ainda mantém a coroa quando o assunto são tablets. O iPad deve continuar como líder de mercado, de acordo com projeção do ABI. Segundo o instituto de pesquisa, o aparelho concentrará cerca de 62% do mercado, contra apenas 28% do rival.
E enquanto a dança das cadeiras não acontece neste segmento de mercado, a popularização da tecnologia traz bons números. A previsão é que, até dezembro de 2013, teremos mais de 268 milhões de tablets em todo o mundo, o que representa um crescimento de 125% em relação aos números apresentados em 2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário